NOTÍCIAS
Os tabus do Flash!?
Flash… sem plugins...

Um dos grandes problemas da tecnologia flash é a sua dependência de plugins. Esta ponte entre o programador e o utilizador é uma das grandes causas da sua fraca performance, assim como é responsável por um dos maiores buracos que um sistema operativo pode enfrentar em termos de segurança. Contudo, estes problemas são completamente alheios quer ao utilizador, quer ao Web Designer, uma vez que os plugins flash são da inteira responsabilidade da Adobe e a sua performance e suporte pode variar (e muito) de sistema para sistema.

Por essas razões, a Apple decidiu manter o Flash de fora no iPhone, iPod Touch e iPad, investindo assim em alternativas ao Flash através do promissor HTML5, que em conjunto com outras linguagens, iria permitir um rico conteúdo Web sem a necessidade de plugins. Por outro lado, o Canvas apresenta-se como um dos fortes candidatos a substituir o Flash.

No meio desta transição, onde ficaria o Flash que ainda continua a ser detentor de muito conteúdo Web? Seria ele extinto ou teria que se adaptar às novas normas que irão surgir? Pois bem, parece que a salvação do flash poderá estar num projecto de nome “Smokescreen” que através do HTML5+Javascript consegue correr conteúdo flash (.swf) sem a necessidade de plugins!

Embora numa fase embrionária, podemos já confirmar que funciona de forma bastante rápida e eficaz, retirando o enorme peso que o Flash trazia às costas, podendo assim salvar-lhe a “vida”, verificando-se que encaixa na perfeição em smartphones assim como no iPad.

Várias demonstrações podem ser testadas no site da Smokescreen, que está sem dúvida de parabéns por este projecto, pois conseguiu em pouco tempo fazer mais que a própria Adobe para salvar o flash em alguns tipos de conteúdo Web. Ironicamente, é que apesar de toda a “guerra vivida nos últimos tempos”, o próprio HTML5 juntamente com o Javascript, ao invés de o “matar” seram precisamente aqueles que lhe podem salvar a vida, livrando-o dos Plugins.

Para o HTML5, acaba por ser mais um trunfo já que demonstra a sua grande capacidade de encaixe com as mais variadas linguagens.

Partilha

 
OUTRAS NOTÍCIAS
scrool - subir
scrool - descer